Saúde bucal durante a gravidez

Saúde bucal dos adultos
Saúde bucal acima dos 55 anos

Mulheres grávidas com gengiva inflamada apresentam uma tendência maior a dar à luz a um bebê prematuro e muito pequeno. Embora sejam necessárias mais pesquisas, parece que doenças gengivais desencadeiam níveis elevados de repercussões sistêmicas que podem induzir o parto prematuro. Pesquisas também sugerem que a intensificação da inflamação da gengiva durante a gravidez aumenta o risco de um parto prematuro.

Para ajudar a minimizar os riscos durante a gravidez, confira alguns conselhos gerais e algumas condições que devem ter atenção especial:

  • Mulheres planejando uma gravidez devem visitar o dentista para um check-up e para tratar qualquer problema de saúde bucal antes de engravidar.
  • Durante a gravidez, os dentes e gengiva precisam de atenção especial. Escovação regular três vezes ao dia, passar o fio dental, alimentar-se de maneira saudável e balanceada e ir ao dentista com regularidade ajuda a reduzir problemas dentários que surgem com a gravidez.
  • Para algumas mulheres, enjôos matinais são o principal sintoma de gravidez. Junto com a náusea vem um ácido que, se deixado em sua boca, pode desmineralizar seus dentes. Certifique-se de enxaguar a boca com água ou com um enxaguante bucal com flúor para manter o nível de ácido sob controle.
  • Boca seca na gravidez pode colocar mulheres em risco de problemas como cárie dentária e infecções. Beba bastante água e masque gomas sem açúcar para elevar a produção de saliva.

A maior parte das mulheres percebe mudanças em sua gengiva durante a gravidez; o principal sintoma é uma gengiva mais avermelhada e sangrando durante a escovação. Todas essas mudanças são chamadas de “gengivite da gravidez”, e elas podem começar logo no segundo mês. A condição tende a atingir um pico em torno do oitavo mês e normalmente desaparece assim que o bebê nasce.

O problema ocorre com maior frequência durante a gravidez porque o nível elevado de hormônios, estrógeno e progesterona, acentua a forma como a gengiva reage às irritações da placa. No entanto, é a placa (biofilme dental) — não os hormônios —a causa principal da gengivite, mas como seu sistema imunológico também pode funcionar de modo diferente durante a gravidez, a forma de como seu corpo reagirá às bactérias que causam gengivite que irá mudar.

Para minimizar os efeitos da gengivite na gravidez, tenha uma boa higiene bucal: escove os dentes três vezes ao dia por pelo menos dois minutos cada vez. Passe o fio dental todos os dias. Usar um enxaguante bucal antibacteriano também pode ajudar a controlar a inflamação de sua gengiva.

Sejam quais forem os sintomas que você tenha durante a gravidez, você sempre deve cuidar de seus dentes e ter bons hábitos, que incluem passar o fio dental regularmente e escovar os dentes. Esses hábitos garantem dentes e gengiva saudáveis ao longo da sua gravidez.

Confira algumas dicas para ajudar durante o estágio pré-natal:

  • Vá ao dentista para uma consulta
    Examine seus dentes e faça uma limpeza. Certifique-se de que todos os procedimentos dentais necessários foram realizados. Os germes que causam cárie podem ser transmitidos ao seu bebê após o nascimento.
  • Escove três vezes ao dia
    Escove pelo menos três vezes ao dia por dois minutos usando creme dental com flúor. Use uma escova de cerdas macias e certifique-se de encaixar as cerdas da escova no encontro entre os dentes e a gengiva, para remover a placa (biofilme dental) e resíduos de alimentos, pois é onde se desenvolvem as doenças na gengiva e a placa.
  • Fio dental diariamente
    Use o fio dental diariamente para limpar entre os dentes, onde a escova não consegue chegar, e abaixo da margem da gengiva.
  • Reduza a ingestão de alimentos doces ou contendo amido 
    Lanches ou doces contendo muito carboidrato podem causar “ataques de ácidos” a seus dentes. Beba menos bebidas adocicadas e coma menos doces, pois esses alimentos podem causar cárie. Portanto, procure comer mais frutas e vegetais.
  • Coma alimentos ricos em cálcio 
    Você precisa de cálcio para os dentes e ossos de seu bebê. O cálcio pode ser encontrado em leite e derivados, em feijões secos e em verduras.
  • Cuide de bocas ressecadas
    Beba muita água para manter-se hidratada durante a gravidez. Chupar pedras de gelo pode hidratar sua boca e, de bônus, pode aliviar a náusea da gravidez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *